quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Fotos: Uma memória bem preservada.

Depois que inventaram a fotografia, veio o cinema, o videotape, a TV ao vivo e até a videoconferência.
Mas qual a mãe que abre mão de um clássico álbum de fotos para eternizar os momentos dos filhotes?
No estúdio ou ao ar livre, os books não saem da moda nunca.
Por isso, a gente pinçou algumas dicas pra vocês:

- Contrate um fotógrafo profissional e que tenha experiência com crianças. Por mais prática que você tenha, nada como um especialista operando bons equipamentos. E fotografar criança é diferente de fotografar produto, fachada ou mesmo adulto. Exige empatia, paciência e delicadeza.


- Se for ao ar livre, o melhor horário é pela manhã, antes do sol ficar muito forte. A luz natural fica linda e o fotógrafo tem mais tempo do que ao atardecer, quando a luz "cai" muito rápido.


- Leve três ou mais opções de roupas. Não tem graça um álbum todo com o mesmo look, não é mesmo? Além do que, caso a criança suje a roupinha durante a sessão, você tem opções para trocar.


- Abuse de pelúcias, balões coloridos, bolhas de sabão, velinhas (no caso de comemorativo para aniverário...). Os acessórios dão um toque todo especial. Só não podem ter mais destaque que a criança, claro.


- Respeite o tempo e o humor do filhote. Na verdade, ter um álbum é muito mais vontade nossa que deles, então, eles se cansam rápido. Melhor que ter um sorriso forçado e cansado na fotografia é se organizar pra sessão ser curta e produtiva.


Por Danielle Campos de Aguiar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário