sexta-feira, 24 de abril de 2015

Leis da Autorresponsabilidade




Muito bom encontrá-la aqui novamente. Na coluna passada, falamos sobre a definição de autorresponsabilidade. Espero que você, mulher moderna e inteligente, esteja sempre ciente de que você é a única pessoa responsável por como está a sua vida e, se não está satisfeita com os resultados, sinta-se livre. Pois, como foi dito antes, apenas você tem o poder de mudar, de fazer acontecer, de transformar a sua vida até que ela esteja, de fato, extraordinária, até que você possa verdadeiramente viver todas as coisas maravilhosas que Deus preparou para você!
Confira, clicando em "mais informações", no link abaixo ;) 



Como isso é possível?
Trago aqui as 6 leis da autorresponsabilidade, criadas pelo Dr. Paulo Vieira. E com toda minha experiência de coach de vida, posso lhe assegurar que se essas leis  forem seguidas sua vida será muito melhor. Acredito que é exatamente isso que você busca,
certo? Mudanças!!! Ou vai ficar aí sentada, vendo sua vida passar como coadjuvante de sua
própria história, sem experimentar  ser verdadeiramente feliz e fazer a diferença positiva por onde passar?  Assim sendo, levanta, respira fundo e vamos nessa!

LEI Nº 1: SE É PARA CRITICAR, CALE-SE.  Não se permita cair na armadilha da crítica construtiva, ela não existe !  Foque sempre no acerto e não no erro, fale algo que colocará a pessoa com quem você fala para cima e não para baixo.

LEI Nº 2: SE É PARA RECLAMAR, DÊ SUGESTÃO.  Reclamar significa exigir para si, reivindicar, também queixar-se, lamuriar. A reclamação é atraso de vida, para você e para aqueles que te cercam. Não saia de vossa boca nenhuma palavra torpe (suja, contaminadora), assim diz a bíblia.  Mulheres vitoriosas, felizes e realizadoras não perdem tempo e energia focando no problema, e jamais usarão a reclamação para atraírem para si atenção, pois o verdadeiro brilho está em fazer parte da solução.

LEI Nº 3: SE É PARA BUSCAR CULPADOS, BUSQUE A SOLUÇÃO.  Assim como a crítica e a
reclamação, buscar culpados é o caminho mais fácil,  é a isenção de suas próprias deficiências,
debilidades. Como mudar, evoluir e ser alguém muito melhor se a culpa é sempre do outro ?
Do marido, do filho, da empregada, do chefe... Encare a sua participação ou negligência nos
acontecimentos e foque no que precisa de fato ser feito.

LEI Nº 4: SE É PARA FAZER-SE DE VÍTIMA, FAÇA-SE DE VENCEDORA.  Sofrimento e autocomiseração farão apenas com que as pessoas sintam pena, e eu sei que não é isso que você quer.  A melhor forma de receber amor e atenção é sendo uma mulher sábia, responsável
por suas atitudes, conhecedora das suas debilidades e forte o suficiente para promover
mudanças  necessárias. Então, viva, aja e fale como uma vencedora.

LEI Nº 5: SE É PARA JUSTIFICAR SEUS ERROS, APRENDA COM ELES.  Desde a infância, o erro é parte importante, na verdade fundamental, no processo de aprendizagem. Reconhecer seus
erros é o primeiro passo para a mudança. No entanto, a partir do momento que eu aprendi que não existem erros e sim resultados, ficou mais fácil enfrentá-los, pois se eu quero um
resultado diferente, preciso ter atitudes diferentes.

Albert Einstein dizia: “loucura é continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes”.

LEI Nº 6: SE É PARA JULGAR AS PESSOAS, JULGUE APENAS SUAS ATITUDES E
COMPORTAMENTOS. A mulher autorresponsável não julga a pessoa, e sim a atitude dela, mesmo que isso tenha, de alguma forma, lhe causado dor. Apenas Deus pode julgar as pessoas,
a nós cabe apenas julgarmos as atitudes, de preferência as nossas próprias.

Uma vez que você de fato decidir usar essas práticas linguísticas e comportamentais todos os dias, elas se transformarão em hábito, e certamente trarão fantásticas mudanças em sua vida e nas vidas das pessoas que te cercam. Coisas incríveis acontecerão, como
o surgimento de novas oportunidades e possibilidades, e um novo mundo se abrirá diante dos
seus olhos.

Agora, pergunte a si mesma: Quais dessas leis eu tenho frenquentemente quebrado? Quais
são as mais desafiadoras?

DESAFIO: Imprima as Leis da Autorresponsabilidade e coloque em lugares importantes, como
seu quarto, no espelho do banheiro, na porta da geladeira, na sua mesa de trabalho...  para
que você lembre-se sempre e não mais caia nessas armadilhas. Se eu posso, com certeza
você também pode!

Um abraço e nos veremos em breve.



Fernanda Morais
Master Coach de vida
Formada pela Febracis – Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico e certificada pela FCU – Florida Christian University.   
Mestranda em coaching pela FCU
facebook.com/fernandamorais
Instagram: fernandamoraiscoach

4 comentários:

  1. Autorresponsabilidade resulta em mudança de vida! Objetivo e prático sua explanação. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo Fernanda. Excelente como sempre. Parabéns e sucesso!!!!

    ResponderExcluir
  3. É isso mesmo Fernanda. Excelente como sempre. Parabéns e sucesso!!!!

    ResponderExcluir