terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Sentindo na pele: a gente testou os métodos de depilação!

Como ainda não inventaram uma pílula para só nascer pelos onde a gente quiser, a saga da depilação continua sendo uma rotina obrigatória de toda mulher bonita. Nós testamos diferentes técnicas, conversamos com especialistas e trazemos agora pra vocês as vantagens e desvantagens de algumas das técnicas mais usadas pelas brasileiras. Já temos a nossa favorita!!! Vamos conferir? Depois é só desfilar com as pernas de fora, abusando de shortinhos, saias e vestidos, pedidas certas pra dias quentes.


Lâmina de barbear


Existe muita controvérsia sobre o uso dessas lâminas. É o método mais prático, porque você compra em qualquer lugar, é barato e você mesma consegue fazer rapidinho. Mas resseca a pele, pode até irritá-la, e os pelos voltam a crescer rapidamente, já que não são arrancados pela raiz. Também tivemos a sensação que eles crescem mais grossos, já que as pontinhas naturais foram cortadas na depilação. Muitas mulheres também têm alergia à lâmina e ficam a região depilada coçando e irritada. Ou seja: use apenas em caso de emergência.

Pinça

Dói muito. Pra caramba. Uma prova de paciência, pois os pelinhos são arrancados um por um. Mas é o método mais indicado para as sobrancelhas.  É também a melhor solução para arrancar os pelinhos que a cera não consegue remover e para desenhar melhor a área a ser depilada.

Ceras

Com produtos descartáveis, é uma boa opção para quem quer estar de 15 a 20 dias sem ter que depilar de novo. Elas arrancam os pelos pela raiz e evita que encravem. É comum usá-la nas pernas, virilha, buço, sobrancelhas e axilas. Tem em muitos salões de beleza e não custa caro.
Muita gente se queixa de dor com a cera fria. A gente achou mais dolorido que a cera quente, por exemplo.
Na nossa opinião, o método favorito é a cera quente. O queridinho. Sabe por quê? A temperatura abre os poros e facilita a remoção dos pelos, que saem de forma menos dolorida. Dá até uma sensação de relaxamento. E dura muito tempo. Nossa técnica favorita foi a da Pelo Zero, que tem uma cera de fabricação própria, natural e aprovada pela Anvisa. A depiladora espalha a cera em uma área muito grande de uma vez só. Essa cera endurece e é removida toda de uma vez. A gente jura que quase não dói. E a fórmula exclusiva deles tem algum negócio lá muito bom que ainda por cima hidrata e protege a pele. Tudo de bom ponto com ponto br! Já viramos clientes de carteirinha.

Depilação à linha ou oriental

É feita com linha de algodão e é muito recomendada para depilar buço, sobrancelha e queixo feminino. É uma das melhores nesses casos porque são áreas que se irritam com muita facilidade, são mais sensíveis. Elimina as células mortas e remove até os pelos mais pequenininhos. Também não tem contra-indicação para quem está fazendo tratamentos com ácidos, como peelings.

Cremes depilatórios

Não faltam opções nas prateleiras dos supermercados. E é um método tentador, porque é rápido, indolor e você mesma pode fazer. Apenas tome cuidado para não deixar o creme na pele por mais tempo que o recomendado no rótulo, porque pode causar queimadura. Também sugerimos fazer o teste de contato antes para evitar problemas de alergias. A principal desvantagem é a mesma da lâmina de barbear: não arranca os pelos, apenas os corta, o que faz com que logo cresçam novamente e com aspecto de mais grossos.

Máquinas elétricas

São recomendadas apenas para pernas e braços. Funcionam tracionando os pelos e arrancando-os pela raiz. Dói muito e dura muito também. Se você tem boa resistência a dor e pouca paciência pra ir a salão com frequência, é uma opção a considerar. Há de várias marcas, são portáteis e fáceis de usar. Lembramos que não deve ser emprestada pras amigas, viu? Como todo o material de depilação, deve ser de uso individual.

Fotodepilação

Técnica que usa a luz pulsada e teve um auge no Brasil há uns 5 anos. Apesar de barata comparada à depilação com laser, tem sido abolida em alguns países por problemas de má utilização e queimaduras. A fotodepilação pode eliminar até 85% dos pelos, mas é preciso ter cuidado para o disparador não se aproximar dos olhos ou regiões de mucosas, por isso, não pode ser usada nas sobrancelhas, por exemplo. Pessoas com problemas de pele, diabetes, histórico de câncer de pele, gestantes ou mulheres menores que 13 anos também estão no grupo que não pode usar. A principal vantagem é que dói muito pouco, já que tem um sistema de refrigeração que anestesia o local da aplicação. Mas a gente ficou insegura sem saber se tanto boato negativo tem algum fundo de verdade e preferiu não testar essa técnica.

Depilação a laser

Essa exige uma técnica bem mais profissional e aparelhos bem regulados. Nós, do Clube do Rímel, só recomendamos fazê-la em consultórios de dermatologistas ou fisioterapeutas dermato-funcionais. O laser queima a raiz do pelo e em até oito sessões os elimina por um bom período, de dois anos, em média. É ideal pra quem tem a pele clara e o pelo escuro, porque o laser age pelo contraste e, nesse caso, atinge apenas o pelinho. Não dói muito, mas é o método mais caro. A gente acha que o custo-benefício vale a pena. Se estiver dispo$ta, testa você também!

Fica a dica:
  • Use hidratante diariamente.
  • Evite calças muito apertadas, que dificultam o crescimento dos pelos podendo encravá-los.Os pelos devem estar um pouco longos para a remoção ser mais fácil e completa.
  • Antes de depilar, limpe a pele, pra evitar infecções, já que os poros estarão abertos.
  • Só aceite material de uso pessoal e descartável, para evitar contaminação.
  • Também fique atenta se a depiladora está usando luvas, pinças e máscara facial descartáveis. Você estará sujeita a infecções e contaminações e, nesse caso, nenhum cuidado é exagerado.
  • Se a depilação é com cera (quente ou fria) ou a laser, não tente fazer sozinha. Nem as profissionais costumam depilar-se sozinhas em algumas zonas.
  • Na hora de escolher onde fazer a depilação, peça indicação às amigas e aos médicos. Não vá arriscar sua saúde em lugares que não têm permissão da vigilância sanitária, por exemplo, ou profissionais treinados.
Gostou das nossas dicas? Então escolha a técnica melhor pra você e desfrute dos looks mais incríveis desfilando pernas lindas por aí!

Um comentário: