segunda-feira, 21 de março de 2016

Autoestima: como anda a sua?


Olá!! estou adorando a idéia de escrever aqui no blog. pretendo conversar com vocês de maneira aberta, com uma linguagem que nos aproxime de uma conversa entre amigas. de tal forma que possamos compartilhar histórias, dúvidas e experiências.
Nós, mulheres, temos muito o que conversar, não é verdade?

Kliciane Oliveira: Psicóloga


Então vou começar me apresentando: Sou Kliciane Oliveira, psicóloga, formada em 2004, mãe da Isabela, de 6 anos e com uma certa bagagem clínica que me possibilitou conhecer histórias incríveis.
meu universo teórico gira em torno da Psicanálise, então vez por outra pode escapar alguns termos mais específicos, mas pretende mesmo utilizar uma linguagem mais informal.
Gostaria muito de ouvir vocês. Opiniões, comentários, sugestões de temas serão sempre muito bem vindos. Saibam que irei ler todos com muito carinho e responderei cada um, dentro das minhas possibilidades.
Agora gostaria de conhecer também vocês, leitoras do Clube do Rímel.

Muito se fala nos dias de hoje sobre autoestima. Sobre a importância de termos uma autoestima elevada e de sua importância como componente fundamental para uma vida satisfatória e plena. Mas você sabe exatamente o que é a autoestima? E como anda a sua?  Muita gente acredita que isso gira em torno de andar na moda, estar sempre bem arrumada, maquiada... mas precisamos estar atentas: por mais que isso seja um aspecto, não é o fundamento para viver conscientemente o seu próprio eu. Quem se ama se cuida, claro. Pode até gostar de se ver bonita, se sentir atraente, mas há muito mais por trás disso. Muitas vezes a maquiagem pode estar disfarçando as nossas fragilidades, medos e inseguranças.
Autoestima já!!!

Uma vez andando pela livraria encontrei um livro de moda/estilo e gostei bastante do título: Vista quem você é. Comecei então a folhear e vi que ali havia algumas dicas para se conhecer um pouco e à partir daí descobrir o seu estilo. À partir de você!! E não das coisas ditadas pelas revistas ou pela mídia. Do que você conhece de você. Acho que o que eu quero dizer vai bem por esse caminho. É preciso haver um autoconhecimento para desenvolver uma autoestima positiva. Um conhecimento que ultrapassa as barreiras do corpo e invade o seu interior. Saber quem você é, e conseguir valorizar quem você é. Essas são as bases para conseguir uma boa dose de autoestima.

Super indico!!!
Vocês já ouviram falar que quem se ama se cuida não é? Mas para você amar, é preciso primeiro você conhecer. Acredite: todos os nossos dramas e sucessos estão relacionados com a idéia que nós temos a respeito de nós mesmas. Essa idéia determina quem somos, como agimos, como nos mostramos ao mundo. Está no princípio de nosso sucesso ou de nosso fracasso. Afeta toda a nossa experiência de vida.

Viva!!!
É preciso ter em mente que a sua vida pertence a você! E buscar dentro de si mesma os componentes que ajudam a resgatar a sua autoestima. Perceber que você tem o direito e a capacidade de expandir a sua vida e ser feliz. Respeitando seus limites e confiando nos seus potenciais.


Kliciane Oliveira

Psicanalista em Formação pelo GEPFOR

Clínica CRP 11/3814

Diretora de Comunicação ABC

Contato: (85) 994134224









Nenhum comentário:

Postar um comentário